Slideshow Image 1
Slideshow Image 2
Slideshow Image 3
Slideshow Image 4
Slideshow Image 5
Slideshow Image 6
Slideshow Image 7
Slideshow Image 8

Comarca de Aquidauana realiza a reimplantação do Projeto Padrinho no município

22/08/2019 11:46

Integrando as atividades comemorativas aos 127 anos de Aquidauana, ontem à noite, 21, a Comarca de Aquidauana realizou a cerimônia de reimplantação do Projeto Padrinho, que atende as crianças e adolescentes acolhidos que tiveram seus direitos violados e, também, as famílias para evitar que retornem à casa de acolhimento.
O Projeto Padrinho recebeu, em 2007, o Prêmio Nacional pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), na categoria Poder Judiciário, no concurso “Mude um Destino”. Assim, o Projeto Padrinho tem por objetivo mostrar à sociedade a realidade das crianças em situação de risco e estimular o exercício da cidadania. 
A cerimônia contou com a presença do prefeito de Aquidauana – Odilon Ribeiro, vice-prefeita Selma Suleiman, primeira-dama de Aquidauana, Maria Eliza Garcia, representantes da OAB, vereador Anderson Meireles, autoridades militares, conselheiros tutelares,  secretários municipais, prefeito de Anastácio, Nildo Albres e foi conduzida pelos juízes Dr. Giuliano Máximo, Dr. Juliano Dualibi e Dr. Ronaldo Onofre.
O prefeito Odilon Ribeiro destacou que a Comarca de Aquidauana está de parabéns pela iniciativa em reimplantar o projeto Padrinho. “Com toda a sinopse que foi apresentada e história construída ao longo dos anos de execução, se mostra como uma ação social de tamanha relevância para ajudar as crianças em situação de risco, evitando que voltem aos abrigos. Parabéns aos juízes e equipes dessa Comarca pela reimplantação do projeto em nossa cidade”, finalizou o prefeito Odilon.
“Por meio do projeto Padrinho, fazemos um convite às pessoas, a sociedade, a gestos de afetividade, para levar carinho, convivência familiar, social e comunitária às crianças. Em Aquidauana, reimplantando o projeto, estamos atuando para a aproximação entre quem quer ajudar e quem precisa de ajuda, numa construção de laços afetivos, apoio material, profissional e educacional”, detalhou o Dr. Giuliano Máximo, juiz diretor do Fórum da Comarca de Aquidauana e titular da 1ª vara cível. 
Crianças e adolescentes que têm processos na Vara da Infância e Juventude, em virtude de estarem em situação de risco podem receber apoio por meio do Projeto Padrinho, sejam elas, crianças acolhidas, como, também, as que estiverem com a família, visando evitar que a mesma venha a ser abrigada.
Há diversos relatos positivos dos padrinhos, comentando sobre o benefício espiritual e humano que lhes proporciona essa interação com a criança, o sentido do pertencimento e da participação na comunidade. Vale destacar que, o processo de adoção não tem relação direta com as atividades executadas pelo Projeto Padrinho. 
Ainda durante a cerimônia, diversas pessoas foram homenageadas com o “Selo Amigo da Criança”, por nos últimos anos prestarem relevantes serviços às crianças e adolescentes que se encontram na unidade de acolhimento de Aquidauana. 
Finalizando a cerimônia, todos foram convidados para prestigiarem a Exposição Fotográfica “Nasce uma família -  mude a história pela adoção”, no hall do fórum de Aquidauana, com fotografias dos fotógrafos Alexis Prappas, Beatriz Terra, Allan Kaiser, Beto Nascimento, Leonardo T. Vieira.

QUEM PODE AJUDAR
Qualquer pessoa com mais de 18 anos de idade, independente de classe social, profissão, religião, sexo ou preferência política, bem como as empresas, instituições e grupos filantrópicos, escolas, clubes de serviços, entidades de classe e associações podem ajudar no Projeto Padrinho, em uma das propostas: padrinho afetivo; padrinho prestador de serviço; pessoa física, empresa, entidade ou instituição madrinha.
Esses apoios visam permitir que a criança, mesmo acolhida ou em precária situação na família, tenha garantidos seus direitos. Os interessados em ajudar, é possível escolher o perfil da criança ou adolescente dentro dos critérios disponíveis. 
Para ajudar no projeto, os interessados devem preencher um cadastro com dados pessoais, escolher a forma de apadrinhamento que deseja realizar, a idade da criança, a forma como vai disponibilizar seu tempo, serviços, atenção ou ajuda material e o período que pretende apadrinhar.

Fonte: AGECOM


Prefeitura Municipal de Aquidauana

Luiz da Costa Gomes , Nº 711
Bairro Cidade Nova
Aquidauana / MS
CEP: 79200-000
Telefone: (67) 3240-1400

Horário de atendimento: de segunda à sexta, das 07h às 13h